A jornada tripla da ginecologista e obstetra Rachel Carneiro

173

Há algumas décadas, as mulheres eram responsáveis apenas por cuidar da casa e dos filhos, deixando de lado qualquer sonho profissional que tivessem. Felizmente, porém, muita coisa mudou e hoje a sociedade é abrilhantada com mulheres supercompetentes nos mais diversos setores, inclusive na medicina. Em homenagem ao mês das mulheres, entrevistamos a ginecologista e obstetra Rachel Dias Carneiro, que fala sobre seu dia-a-dia e os desafios de ser uma “mulher maravilha” da vida real.

Viver! – Fale sobre sua rotina semanal como médica ginecologista e obstetra…
Dra. Rachel: Eu faço plantões no Hospital Evangélico e Hospital Unimed. Além disso, atendo no consultório, tenho pacientes em acompanhamento de pré-natal, fazendo partos. Também realizo exames de ultrassonografia e sou professora da faculdade de medicina Multivix.

Viver! – Além do trabalho, que outras responsabilidades fazem parte da sua jornada no dia-a-dia?
Dra. Rachel: Tenho responsabilidades com minha casa, meus filhos e meu marido. Nós dividimos as tarefas com os filhos, levar e buscar da escola, participar de atividades com eles, entre outras coisas.

Viver! – Diante de tantas tarefas, conte para nós como você encaixa em sua rotina um tempo para cuidar do seu bem estar e saúde…
Dra. Rachel: No momento, estou acordando às cinco da manhã para ir à academia fazer musculação. Além disso, faço aulas de Muai-thai (boxe tailandês).

Viver! – Quais são seus hobbies? Fale sobre o papel dessas atividades para sua qualidade de vida, funcionando como uma válvula de escape para o estresse inevitável do dia-a-dia.

Dra. Rachel: Gosto de atividades ao ar livre como caminhadas, trilhas, camping, rapel, cachoeira, ir à praia e Stand up paddle.

Viver! – Na sua opinião como profissional da medicina, que desafios ainda são enfrentados pelas mulheres no mercado de trabalho, em especial em sua área de atuação? 
Dra. Rachel: Os desafios são os encontrados por toda mulher, em qualquer área, como a desconfiança no início da vida profissional de qualquer mulher. Ou seja, nós sempre precisamos provar nosso valor para as pessoas acreditarem na nossa competência. Demonstrar competência e segurança é fundamental para adquirir a confiança dos colegas e pacientes. Além disso, é fundamental, na área médica, estudarmos sempre, estarmos sempre atualizados e antenados com as mudanças que ocorrem em todo o mundo na área científica.

Viver! – Para você, qual a importância de uma data dedicada às mulheres, levando em conta que assim como você, muitas mulheres atualmente encaram uma jornada tripla com muita garra? 
Dra. Rachel: É importante na medida que ainda há muito preconceito contra a mulher. A mulher ainda é alvo de violência e discriminação, nossa cultura patriarcal é responsável por isso, mesmo nos dias de hoje. Muitos duvidam da sua capacidade e consideram que a mulher deveria estar realizando trabalhos domésticos e cuidando dos filhos, apesar de serem tão ou mais capazes que os homens em áreas consideradas predominantemente masculinas, como ciência e tecnologia.
Esse é um preconceito que deve mudar, mas precisa de nossas ações como mulheres independentes para mostrar que somos capazes e podemos educar nossos filhos sabendo disso, criando pessoas mais capazes e mais respeitosas com as mulheres e com todos.

Doutora Rachel Dias Carneiro atende no CEU da Unimed, em Cachoeiro. Telefone de contato: (28) 99985-4045. Em Itapemirim, seu consultório está localizado na AV. Cristiano Dias Lopes filho, s/n – Centro Médico, com telefone (28)3529-6300. Seu e-mail profissional é rachel@radscan.com.br

 

A ginecologista e obstetra Rachel Carneiro

Foto por Erika Medeiros

 



Editora da revista Viver!, uma das mais importantes revistas de saúde do país. A publicação Sul capixaba circula mensalmente há mais de 17 anos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *