APAE beneficia cerca de 500 portadores de necessidades especiais

424

Criada a fim de fornecer assistência a pessoas com deficiência intelectual, a APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) é uma associação civil beneficente sem fins lucrativos. Prestes a completar 50 anos de existência em Cachoeiro, a organização já beneficiou milhares de usuários ao longo dos anos, atendendo em áreas como assistência social, educação, saúde, profissionalização e outras.

Atuando como voluntária na presidência da APAE Cachoeiro, Wilma Campos da Silva explica que a instituição possui uma parceria com a SEDU (Secretaria de Estado da Educação), pela qual são realizados os atendimentos de AEE. “Trata-se de um programa onde as crianças especiais, que já estudam em escolas regulares onde são alfabetizadas, recebem a atenção de uma equipe multidisciplinar a fim de complementar o desenvolvimento desse aprendizado”, esclarece.

Outra área de atuação da APAE, conforme salienta Wilma, é a assistência a jovens e adultos a partir de 16 anos. “Existe uma lei que dá direito ao deficiente ser incluído no mercado de trabalho. Mas para isso é fundamental que ele seja capacitado, e é esse o foco do trabalho que realizamos aqui. Além disso, tanto o empregador como os colegas de trabalho precisam ser preparados para receber o funcionário que possui limitações especiais”, expõe.

Fisioterapeutas, fonoaudiólogos, educadores físicos, psicólogos, assistentes sociais, cuidadores e professores fazem parte da ampla equipe de profissionais disponíveis para atender às necessidades dos usuários da Associação. E para aprimorar ainda mais o trabalho que já tem sido realizado no decorrer dessas cinco décadas, a APAE será transformada em um centro de reabilitação. “Conseguimos alcançar essa conquista graças a um recurso do governo viabilizado pelo Ministério da Saúde”, relata a presidente.

Dessa forma, a Organização passará a oferecer um serviço especializado nas áreas psiquiátrica, neurológica e ortopédica. De acordo com Wilma, a instituição terá uma estrutura capaz de atender cerca de 26 municípios da região Sul capixaba. “A atuação da APAE na saúde surgiu devido a grande carência de suporte nessa área. E está dando muito certo. Nossos profissionais têm além do envolvimento profissional, o emocional. E o tratamento que a gente dá aqui é diferenciado. Com responsabilidade, respeito, carinho, dedicação e tempo”, salienta.

Para se beneficiar dos atendimentos ofertados pela APAE Cachoeiro na área social e de educação, basta procurar a secretaria da instituição, que está localizada na Rua João Sasso, 702 a 740, bairro São Geraldo. Para tratamentos de saúde, é necessário levar um laudo médico especializado ao posto de saúde do bairro e agendar um atendimento avaliativo na instituição.

“Convidamos a toda a população e à mídia para que venham nos visitar e nos deem a oportunidade de mostrar nosso trabalho!”, completa Wilma. Saiba como ajudar a APAE Cachoeiro acessando http://www.apaecachoeiro.org.br/como-ajudar.



A revista Viver! é publicada mensalmente há mais de 17 anos com circulação no Espírito Santo. Trata-se de uma das mais importantes revistas de saúde do Brasil, com centenas de especialistas em prol do dilema "Informação que faz bem".


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *