Dor após esforços é um dos sintomas da artrose do joelho

370

Doença articular crônica, a artrose é caracterizada pela degeneração da cartilagem e tecido ósseo, levando à degeneração, inflamação e frouxidão do joelho. Entre os sintomas provocados pela patologia, o ortopedista Danilo Lobo, da clínica Ortotrauma, cita a dor no joelho após esforços que melhora com o repouso; rigidez ao se levantar da cama de manhã ou após longos períodos de repouso; presença de estalos ao movimento ou “crepitações”, bem como inchaço e calor.

Além disso, estão presentes a sensação de aumento de tamanho do joelho devido ao crescimento dos ossos ao redor do mesmo, movimentos mais limitados – especialmente esticar o joelho totalmente, dificuldade em apoiar a perna no chão e músculos da coxa mais fracos.

O tratamento, conforme elucida doutor Danilo, objetiva minimizar a dor e retardar a degeneração local, melhorando a qualidade da vida do paciente. “Existem várias opções de tratamento conservador para a artrose do joelho. Dentre elas estão a redução do peso, fisioterapia, exercícios físicos e medicamentos (analgésicos, anti-inflamatórios não esteroidais, condroprotetores e corticoides)”, relata, acrescentando que outra opção são as infiltrações intra-articulares.

“As infiltrações podem ser feitas com corticosteroides, entretanto, sua eficácia é limitada a cerca de um mês de duração. Outra alternativa é a infiltração intra-articular com ácido hialurônico com efeitos mais duradouros (podendo chegar a um ano de alívio de sintomas)”, expõe o especialista.

Ainda de acordo com o médico, nos casos mais graves em que o tratamento conservador não traz de volta a qualidade de vida do paciente, é indicada a cirurgia. A artroplastia total de joelho, conforme explica doutor Danilo, é um procedimento seguro e efetivo para aliviar as dores, corrigir deformidades no membro e ajudar a retornar às atividades normais.

“De acordo com a Agência Americana para Pesquisa e Qualidade em Saúde, mais de 600.000 artroplastias de joelho são realizadas por ano nos Estados Unidos. O uso desses procedimentos tem aumentado em razão dos bons resultados alcançados e do envelhecimento da população. Estima-se que o número de indicações para artroplastia irá aumentar 40% até 2021, no Reino Unido”, destaca o ortopedista.

Doutor Danilo ressalta que as recomendações para a cirurgia se baseiam na dor e na limitação de movimento do paciente. A maioria dos pacientes submetidos à artroplastia total de joelho tem entre 50 e 80 anos de idade. A decisão de fazer uma artroplastia total de joelho deve ser tomada pelo paciente em conjunto com a família e equipe médica. O seu médico pode encaminhá-lo a um cirurgião ortopédico para que realize um exame completo destinado a determinar se a cirurgia será benéfica para você.

A clínica Ortotrauma está localizada na avenida Francisco Lacerda de Aguiar, 177, Condomínio Arpoador, 3º andar – Cachoeiro de Itapemirim. Telefones: (28) 3522-6073/ 99277-7456 e 99273-7316 (WhatsApp).

Foto por Jonathan Lessa

 



Editora da revista Viver!, uma das mais importantes revistas de saúde do país. A publicação Sul capixaba circula mensalmente há mais de 17 anos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *