Dr. Jules White fala sobre os 25 anos de sucesso de sua clínica

551
Dr. Jules White – foto por Syd Lucas

Atuando como ginecologista e obstetra há quatro décadas, doutor Jules White Soares Sousa é diretor clínico e proprietário do Jules White Centro de Medicina Reprodutiva. É membro da Sociedade Americana de Fertilidade, da Sociedade Europeia de Reprodução Humana e Embriologia (ESHRE) e da Sociedade Brasileira de Reprodução Humana, e também filiado à Rede Latino Americana de Reprodução Assistida. Considerado um dos profissionais de medicina reprodutiva mais renomados do país, doutor Jules comemora o sucesso de sua clínica, que há 25 anos ajuda milhares de casais a realizarem o sonho de ter filhos. Confira nossa entrevista exclusiva e conheça melhor a história de uma das maiores clínicas de reprodução assistida do Basil!

Revista Viver! – Doutor Jules, quando a medicina cruzou o seu caminho? O senhor teve alguma influência familiar?

Dr. Jules: Desde os meus 12 anos eu já sabia o que queria ser quando crescer. Sem dúvidas, minha maior influência na escolha da profissão foi do meu tio, que é médico anestesista doutor Glycério Proba Soares, que além de ser um ser humano de ótimo caráter é um bom amigo e excelente profissional, foi minha grande inspiração para trilhar os caminhos da medicina.

Revista Viver! – Em 2019 celebramos uma data histórica através dos 25 anos da Clínica Jules White. Como foi o caminho de sucesso até aqui?

Dr. Jules: Tudo começou com a oportunidade de trabalhar com o doutor Paulo Serafini, quando demos início à primeira clínica Huntington do Brasil, aqui em Vitória, em 1994. Ele foi meu mentor e me deu essa oportunidade de trabalhar na área de reprodução assistida. Depois de um certo tempo, o doutor Paulo resolveu vender sua parte da sociedade e eu, com meus colaboradores, comecei a tocar a clínica sozinho. Então, o sucesso da clínica se deve muito mais aos colaboradores do que a uma pessoa só. A gente chegou a esse ponto por todos estarem dedicando todos os dias de suas vidas para o melhor dos pacientes. Tenho uma imensa gratidão a todos os colaboradores que me acompanharam nesses 25 anos.

Revista Viver! – Olhando para o futuro, como o senhor analisa os avanços da Medicina Reprodutiva e os caminhos da clínica em solo capixaba?

Dr. Jules: Os avanços vão ser cada dia maiores. Acredito que a engenharia genética vai predominar na resolução dos casos de reprodução assistida. E eu espero, com a proteção de Deus, fazer essa transição para as minhas filhas que estão na área também, as doutoras Cindy e Vickie. O plano é que elas, quando terminarem sua formação completa, possam assumir sua posição aqui na clínica e tocá-la do jeito que desejam. Isso é o que eu vislumbro para um futuro bem próximo.

Revista Viver! – Sabemos que salvar vidas é um dom divino que recai sobre as mãos dos médicos, em geral. Mas a pergunta é: qual a sensação de contribuir, de forma decisiva, para que os casais realizem o sonho de ter filhos?

Dr. Jules: Na minha mente está bem claro: somos apenas instrumentos nas mãos de Deus. E a nossa criação é muito materna e paterna, então a gente tem a oportunidade, com todos os colaboradores, de utilizar as melhores técnicas de reprodução assistida para realizar o sonho desses casais, que é a constituição familiar.

Revista Viver! – Com certeza há um carinho em especial para cada bebê que, de alguma forma, passou por aqui…

Dr. Jules: Todo casal é especial, porque eles chegam aqui com muita esperança de que possamos oferecer soluções para sua dificuldade em engravidar. Então cada casal é visto por toda a equipe como se fosse único. Dessa forma nós, junto com nossos conhecimentos e dedicação, procuramos resolver cada caso proporcionando o sonho da realização familiar.

Revista Viver! – Recentemente o senhor passou por uma cirurgia cardíaca e precisou descansar por alguns meses. Nesse período foi possível fazer um balanço da vida e dos caminhos vitoriosos da sua profissão?

Dr. Jules: Nesses momentos mais agudos da vida, é sempre importante a gente fazer uma revisão. Esse é um momento de gratidão. Gratidão por ter chegado até onde eu cheguei, gratidão por ter uma equipe maravilhosa que trabalhou muito bem na minha ausência e gratidão por voltar a trabalhar ativamente em algo que eu gosto.

Revista Viver! – É de enaltecer a unidade familiar na sua vida através da esposa e das filhas. A família é sua fortaleza, sua base?

Dr. Jules: A família – acredito que não só para mim, mas para qualquer profissional – é a constituição básica para o sucesso na profissão. Se você tem uma família unida, mesmo com as dificuldades do dia a dia que todas as famílias têm, você será capaz de vencer qualquer barreira. E isso reflete claramente no dia a dia de qualquer atividade profissional.

Revista Viver! – A Clínica Jules White possui um corpo clínico qualificado. Esse trabalho em equipe é essencial para o sucesso da Medicina Reprodutiva?

Dr. Jules: Não só na medicina reprodutiva, mas em qualquer área da medicina, o trabalho em equipe é fundamental para o sucesso. Não adianta você ter um membro da equipe trabalhando bem e os demais não fazerem o mesmo. Em nossa clínica tivemos a oportunidade de ter junto com a gente profissionais de excelente qualidade e dedicação. Com isso, os resultados são totalmente favoráveis, trazendo benefícios imensos para os casais que nos procuram.

Revista Viver! – Como é dividir o tempo entre clínica e salas de aula? Contribuir na formação de futuros médicos complementa a sua carreira de uma forma especial?

Dr. Jules: Dar aula, para mim, é uma das coisas mais prazerosas na vida. Eu divido minha rotina entre as atividades na clínica, lecionar na cadeira de saúde da mulher na Emescam – o que faço há 36 anos – e poder viver com a minha família. Isso tudo contribui num conjunto para que haja harmonia entre trabalho e vida familiar.

Revista Viver! – Nesses 25 anos sabemos que milhares de pais e mães – e bebês! –passaram por aqui. Que mensagem o senhor gostaria de enviar para cada um deles que, de alguma forma, contribuíram para a construção de uma história de duas décadas e meia?

Dr. Jules: Acho que a mensagem que eu posso passar é não desanimar. Confiar em Deus, em primeiro lugar, e procurar uma equipe capacitada não só tecnicamente, mas humanamente para ajudá-los nessa caminhada, que é a formação de sua constituição familiar.

Compartilhando conhecimento

Além do belo trabalho realizado na clínica de medicina reprodutiva, outra paixão de doutor Jules White é compartilhar seu conhecimento com alunos de medicina. Ele, que atua como professor Dr. Adjunto nível IV da cadeira de Saúde da Mulher da Escola de Medicina da Santa Casa de Misericórdia de Vitória (Emescam) desde 1983, dedica muito carinho e amor à essa função desempenhada há 36 anos.

Um fato interessante é que as aulas são ministradas na mesma instituição onde cursou medicina, onde outrora frequentou como aluno, alguns anos depois retornou como professor. Também teve a oportunidade de trabalhar lado a lado com o colega de turma doutor Idélio Sterza, o qual realizou o parto de suas três filhas. Que linda história!



Editora da revista Viver!, uma das mais importantes revistas de saúde do país. A publicação Sul capixaba circula mensalmente há mais de 17 anos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *