Especialista esclarece perguntas comuns consultórios ortopédicos

160

  1. Tenho dores nos joelhos, qual o motivo?

Dr. Danilo Lobo, ortopedista especialista em cirurgia do joelho na clínica Ortotrauma: O motivo pode ser uma sobrecarga durante exercício ou trabalho, ou um trauma torcional, que pode causar lesões nos meniscos, ligamentos, tendões e cartilagens. As dores não relacionadas a um trauma podem ser causadas, geralmente, por alterações degenerativas (do envelhecimento), inflamatórias ou funcionais (desequilíbrios musculares, posturais e sobrecargas).

 

  1. Meus joelhos estalam. Tenho problemas?

Articulações que estalam não são necessariamente um problema. Durante o movimento, o atrito entre os ossos, músculos e fáscias pode causar barulho e, eventualmente, algum leve desconforto. Em caso de dor, outra causa pode estar associada.

 

  1. O que devo fazer quando sofro uma entorse no esporte ou no trabalho?

O melhor é fazer repouso, colocar compressa ou bolsa com gelo e elevar a perna para diminuir o edema. Bolsa ou compressa quente só depois de alguns dias para ajudar no relaxamento muscular e no processo de absorção do hematoma. Assim que possível, procurar um ortopedista para avaliação.

 

  1. Tenho um problema de ligamento. Posso voltar ao esporte?

Com tratamento adequado, sim. Técnicas cirúrgicas e de reabilitação modernas permitem total recuperação ao esporte inicial. Fatores individuais e dificuldades na reabilitação podem causar variações no desempenho final do atleta após uma cirurgia.

 

  1. Se eu tiver uma lesão do menisco, é necessário cirurgia?

Nem sempre uma lesão meniscal necessita ser operada. Se estiver travando ou falseando, causando instabilidade articular no joelho, a possibilidade da cirurgia deve ser considerada. Se for uma lesão pequena, degenerativa ou incompleta, um tratamento conservador, não cirúrgico baseado em uma reabilitação fisioterápica pode ser efetivo.

 

  1. Quanto tempo demoro para curar uma lesão muscular?

As lesões musculares são comuns e, geralmente, não representam uma ameaça ao esporte. Porém, são de cicatrização demorada e exigem um período de reabilitação prolongado, podendo variar de três semanas a três meses.

  1. Quanto tempo preciso ficar afastado do trabalho após uma cirurgia de joelho?

Depende do tipo de atividade profissional. As cirurgias mais simples permitem apoio imediato com auxílio de muletas. O retorno a um trabalho de escritório, por exemplo, pode ser realizado após a primeira ou segunda semana após a cirurgia.

 

  1. Artrose e Osteoporose são a mesma coisa?

Não. Artrose é o termo usado para definir a degeneração ou envelhecimento biológico das cartilagens e tecidos intra-articulares. A osteoporose é o enfraquecimento dos ossos causado por uma descalcificação e perda de massa óssea progressiva, ocasionando fraturas com maior facilidade.

 

  1. Como posso saber se estou com artrose ou desgaste nos meus joelhos?

A dor ou desconforto relacionados ao movimento e uma certa sensação de rigidez articular são os sintomas inicias mais frequentes. Caso presentes, é necessária a avaliação ortopédica.

 

  1. Como posso prevenir o desgaste das minhas articulações?

Exercícios adequados sem sobrecarga, controle do peso corporal e uso de medicamentos específicos podem retardar a progressão da artrose.

 

  1. Quando é necessária uma cirurgia para o tratamento da artrose dos joelhos?

A cirurgia pode ser necessária para corrigir desalinhamentos progressivos, desarranjos mecânicos internos associados e artrose grave em que a dor não pode mais ser controlada ou tolerada com o uso de analgésicos, anti-inflamatórios e condroprotetores.

 

Foto por Jonathan Lessa

 

 



Editora da revista Viver!, uma das mais importantes revistas de saúde do país. A publicação Sul capixaba circula mensalmente há mais de 17 anos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *