Especialistas alertam sobre a importância da adesão à campanha Outubro Rosa

68

Foram estimados 66.280 casos novos de câncer de mama em 2021, com um risco estimado de 61,61 casos a cada 100 mil mulheres. Em Cachoeiro, no Hospital Evangélico, que é referência da região Sul capixaba, são 13 a 15 novos casos de câncer de mama por mês. “Estamos recebendo muito casos novos por mês, mas infelizmente continuamos recebendo tumores mais avançados. Ainda há dificuldade de acesso a exames de diagnóstico e falta de informação de muitas mulheres”, relatam os oncologistas Sabina Aleixo e José Zago Pulido.

A fim de aumentar o conhecimento da população sobre seus riscos para diversos tipos de câncer, dando a oportunidade de buscar medidas preventivas e de diagnóstico precoce, foi criado recentemente o PrevinHeci. Trata-se de uma ferramenta gratuita com fácil acesso online. Infelizmente, porém, a adesão a essa valiosa ferramenta tem sido menor que o esperado, conforme revelam os especialistas do HECI.

“Para preenchimento do questionário do PrevinHeci, a pessoa tem que querer conhecer o seu risco, e vimos que esta atitude, esta proatividade da população, em geral não aconteceu, lamentam os médicos. “Quando realizamos campanhas para o estímulo do preenchimento temos o retorno; portanto, reforçando a imprudência de campanhas para a população”, completam.

Doutora Sabina e doutor Pulido destacam também o Projeto Prevenir com a Sicoob, no qual ocorre a liberação de mamografias agendadas gratuitamente. “Mesmo com essa facilidade no acesso ao exame, temos uma abstenção de 20%”, ressaltam. “Precisamos que a população tenha consciência de que deve haver atitude e iniciativa em tomar medidas para cuidar da sua própria saúde”, alertam.

Falando sobre o trabalho desenvolvido pelo Grupo de Apoio aos Portadores de Câncer de Cachoeiro de Itapemirim, os oncologistas explicam que têm trabalhado muito para conhecer a rede de saúde do Sul capixaba. “Acabamos de fazer um mapeamento da região para poder buscar melhorias básicas, como o transporte para a população vir fazer tratamento”, pontuam.

O Banco de Perucas, que disponibiliza perucas de diversos modelos, além de lenços, para as pacientes em tratamento de câncer, continua atendendo semanalmente muitas mulheres e é um projeto de grande sucesso. “O apoio nutricional e psicológico para os nossos assistidos, bem como o apoio jurídico que oferecemos, têm feito muita diferença. E agora fomos comtemplados entre as 10 instituições que terão projetos patrocinados da Drogasil; ficamos muito felizes pois foram mais de 240 instituições de todo o Brasil, e nós ficamos entre os escolhidos. Nosso projeto será em saúde mental”, expressam os médicos.

Uma notícia que marcou o ano de 2022, sendo uma grande conquista para a população Sul capixaba na luta contra o câncer, foi o início da construção do novo Hospital do Câncer. “Este é um grande sonho meu e do doutor Pulido. Já estamos aqui na região há 20 anos e sempre achamos que os pacientes com câncer deveriam ter um lugar dedicados a eles.  Desejamos um local amplo, humanizado, com acessibilidade, pensado em todos os detalhes para atender essa população que tem necessidades especiais. Estamos confiantes de que conseguiremos, porque esse sonho se tornou um sonho de muitos”, comemora doutora Sabina.

No que diz respeito à prevenção do câncer de mama, a qual é reforçada com a campanha Outubro Rosa, o casal de especialistas reforça as medidas primordiais: “A prevenção começa evitando fatores de risco como tabagismo, etilismo, obesidade e sedentarismo, associado a exames de rastreamento lembrando que, para o câncer de mama, o fundamental é a mamografia para mulheres acima de 50 anos”, informam.

3 perguntas que salvam:

A campanha Outubro Rosa de 2022 abrange três importantes perguntas que salvam, sendo elas:

  1. Sabia que descobrir antes aumenta as chances de cura?

Descobrir a doença nos estágios iniciais é fundamental para aumentar as chances de cura em até 95%. Para manter-se saudável, não esqueça de manter seus exames em dia e cuidar de si mesma.

  1. Você conhece os tratamentos para cada tipo de câncer?

Cada tipo de câncer tem um tratamento. Dentre eles: Cirurgia; Radioterapia; Quimioterapia; Hormonioterapia; Terapia Biológica. Saber mais sobre cada um é seu direito!

  1. Você conhece os avanços da ciência contra o câncer de mama?

A informação é a chave para quem busca por tratamentos e serviços contra o câncer de mama. Não pare de procurar sobre o assunto! Há tratamentos mundo afora com novas tecnologias que podem ajudar vidas.

 

 

Dra. Sabina Aleixo e Dr. José Zago Pulido atendem no Instituto de Oncologia Sul Capixaba (IOSC), localizado na avenida Lacerda de Aguiar, 25, Gilberto Machado – Cachoeiro. Telefone: (28) 3521-1219. Site: www.iosc.com.br. Instagram: @casaloncologista. A Casa de Apoio GAPCCI está localizada na Rua Pedro Quinelato, 58/60, bairro Ferroviários, Cachoeiro de Itapemirim. WhatsApp: (28) 99257-9401. Conheça o trabalho da ONG através do Instagram @gapcci.



Editora da revista Viver!, uma das mais importantes revistas de saúde do país. A publicação Sul capixaba circula mensalmente há mais de 17 anos.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *