Fisioterapia domiciliar promove acessibilidade à prevenção e reabilitação

163

Foi-se o tempo em que envelhecer necessariamente significava uma vida menos ativa. O perfil da maturidade está mudando, e é cada vez mais comum encontrarmos pessoas mais velhas desempenhando diversas tarefas, seja para o lazer ou mesmo a trabalho. Mas com a idade também chegam alguns desafios para a saúde, como a redução da aptidão física e da qualidade de vida desta população.

Somando-se a isso tudo, a fisioterapia domiciliar foi, durante muito tempo, sinônimo de atendimento para pacientes acamados ou com dificuldade de locomoção. E embora a maioria dos pacientes da fisioterapia domiciliar ainda sejam estes, o número crescente de pessoas interessadas neste tipo de intervenção vem aumentando gradativamente.

São inúmeras as vantagens da fisioterapia domiciliar, inclusive muitos médicos recomendam esse tipo de tratamento aos seus pacientes, por conta do conforto e do acompanhamento dos familiares e pessoas mais próximas durante as sessões. Estudos indicam que a reabilitação, nesses casos, tem surtido grande efeito positivo.

“A família e o paciente são motivados por essa assistência personalizada, sendo informados sobre o progresso e recebendo orientação necessária para uma reabilitação de sucesso, pois trata-se de um atendimento focado, eficaz e humanizado, visando a promoção do desenvolvimento físico e cognitivo”, afirma a fisioterapeuta Lethícia Dias Soares Gasparini.

Lethícia salienta que a fisioterapia domiciliar é uma atividade clínica que possui particularidades,  incluindo a anamnese detalhada do paciente, avaliação da estrutura física da residência, solicitação para aquisição ou empréstimo de acessórios e equipamentos, além de dicas aos familiares para auxiliarem o paciente nos demais momentos, visto que essa orientação é fundamental e deve ser reforçada continuamente, principalmente em uma eventual troca de exercícios terapêuticos para sensibilizar todos em prol de resultados clínicos melhores.

A fisioterapia possui muitos benefícios aos que a praticam, melhoras no raciocínio lógico, respiração, alimentação e movimentação são alguns exemplos a serem citados, mas qualquer pessoa que tenha feito essa prática sente uma melhora considerável em seu estilo de vida e agora com a fisioterapia domiciliar já não há mais motivos para que você não tenha essa oportunidade.

 



Editora da revista Viver!, uma das mais importantes revistas de saúde do país. A publicação Sul capixaba circula mensalmente há mais de 17 anos.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.