Mais de 6 mil matérias em 200 edições da revista Viver!

274

A revista Viver! está celebrando duzentas edições mensais ininterruptas em outubro deste ano, exatamente no mês dedicado aos profissionais da Medicina e da Odontologia, entre outros. Uma marca e tanto para uma das principais revistas de saúde do Brasil. São 16 anos dedicados à “informação que faz bem”, conforme o slogan da publicação, levando qualidade de vida a centenas de milhares de cidadãos Sul capixabas. Nesse período publicamos mais de seis mil reportagens, todas sem exceção com especialistas locais.

Para comemorar a data, reunimos alguns entre os muitos profissionais que fazem parte da história da Viver!. E as opiniões são unânimes: a revista é um dos pilares da saúde local.  Segundo a odontóloga Alécia Louzada, “a Viver! possibilitou à população conhecer melhor nossos profissionais. Ela trouxe a divulgação e a valorização dos serviços de saúde prestados no Sul do estado”. Para a especialista, a publicação é um importante ponto de apoio da população: “a revista é referência. Se buscamos alguma informação sobre saúde, o primeiro nome que nos vem à mente é a Viver!”.

Sobre a manchete dos sonhos, doutora Alécia não tem dúvidas: “A descoberta da cura para os diversos tipos de câncer”. Para o coloproctologista Roger Luiz, a revista tem um papel importante na divulgação das especialidades. “Certamente, a publicidade médica através da Viver! valorizou os profissionais de Cachoeiro”, afirma. Doutor Roger acredita que a “Viver! se tornou referência para os médicos serem vistos pelos pacientes com informações médicas atualizadas”. Sua manchete dos sonhos, pode-se dizer, já é praticamente uma realidade: “Capital Secreta é referência em saúde”.

O depoimento do radiologista Fábio Bortolini, diretor clínico do Hospital Evangélico, é emocionante: “Não sou de Cachoeiro, mas quando vim trabalhar e morar aqui uma coisa que me chamou muito a atenção foi a dimensão da participação da revista Viver! dentro da divulgação de artigos e notícias na área da saúde. Eu não tinha vivido essa experiência em outros lugares e entendo que o principal meio de divulgação de interesse na área da saúde para a população é a revista Viver!”, ressalta.

O especialista diz que não era adepto de publicar o seu trabalho quando, enfim, sentiu a credibilidade alcançada pela revista. “Até então eu não participava de divulgações na mídia, mas me senti muito acolhido pela revista Viver! e hoje tenho muito prazer em colaborar com a promoção da divulgação de notícias”.

Doutor Fábio acredita no trabalho realizado pela publicação. “Entendo hoje que a Viver! é esse veículo de difusão. Não adianta o profissional inovar, aprender e se especializar e não ter oportunidade de divulgar isso. A Viver! oferece essa aproximação do médico com o paciente, mostrando o potencial que temos para oferecer às pessoas”, afirma.

Para doutor Fábio Bertolini, sua manchete dos sonhos na Viver! está próxima: “gostaria de ver noticiado que uma pesquisa mostrasse que a população do Sul do estado tem muito orgulho do sistema de saúde e muita confiança nos profissionais da área de saúde que atuam no Sul do estado. Acho que conquistar essa aprovação da sociedade seria um sonho para nós profissionais da saúde”.

O oftalmologista Paulo Ney Viana, que fundou uma das mais tradicionais clínicas oftalmológicas do Espírito Santo – a Cemes – aposta na qualidade das reportagens da Viver!: “sim, de fato, é uma revista muito interessante para a saúde aqui da região”. Segundo o médico, publicar nas páginas da Viver! “é uma forma de mostrar para os próprios médicos quem está atuando na cidade, incluindo com a chegada de novos profissionais”. Sua manchete dos sonhos? “A cura imediata do câncer”, responde sem meios termos.

Presidente da Unimed Sul Capixaba e um dos gestores de saúde mais influentes do Brasil, o pediatra Pedro Scarpi sempre acompanhou de perto as matérias da revista. “A Viver! desde o início valorizou e divulgou a opinião dos profissionais, apresentando de forma sistemática e atualizada todos os avanços conquistados pela Medicina no Sul do Estado. Dessa forma, adquiriu o respeito e a confiança da população ao longo do tempo, se firmando como importante veículo de comunicação na nossa região.

O médico destaca também a linha editorial. “A Viver! consegue expressar em uma linguagem clara e objetiva, desde temas simples a muito complexos em saúde, sendo aderente a todo tipo de público”. Doutor Pedro Scarpi tem dois sonhos como manchetes que um dia serão publicadas na Viver!: a primeira é “Toda a população do Sul do Estado assistida pela Atenção Integral a Saúde!”. E a segunda, a tão sonhada “Inauguração do Novo Hospital Unimed!”

A dermatologista Carolina Ultramar aposta na Viver! como uma forma de informar a população o nível qualitativo dos profissionais locais: “a população cachoeirense sempre teve a cultura de procurar profissionais em outras cidades, seja na capital ou em outras cidades… assim como a população do interior sempre visou Cachoeiro como o polo para a saúde. Com o grande alcance da revista Viver!, com matérias bem feitas, assuntos interessantes e com profissionais capacitados, visando levar, integralmente, questões sobre a saúde, permitiu a população Sul capixaba conhecer melhor os profissionais da região e assim aumentar a confiança e a valorização de todos nós”.

A especialista acredita que “atualmente a nossa população está muito bem atendida nas áreas da saúde e tem a oportunidade de adquirir bastantes informações e conhecimento”. Doutora Carolina vai além: “a revista Viver! é uma ferramenta fundamental para a conexão entre médicos e pacientes”. Sua manchete dos sonhos é inspiradora: “Sistema de saúde ágil e para todos”.

Um dos mais renomados neurologistas capixabas, doutor Francisco Mário Miranda sempre mostrou todo o seu profundo conhecimento médico nas páginas da Viver!, desde o número 1 da revista no longínquo ano 2000. “Sem dúvida nenhuma, acho que a revista Viver! à medida que foi se expandindo realmente aumentou muito essa divulgação. Isso foi muito bom tanto para a população como para nós profissionais. E ela não se fixou somente nos médicos, mas também todos da área da saúde”. O especialista acredita que a publicação é “uma expansão do conhecimento na área de saúde”. E emenda a manchete que um dia deseja ver estampando a Viver!: “Doenças degenerativas hoje são curadas”.

Um dos fundadores da Ortotrauma, uma das mais importantes clínicas ortopédicas do Estado, o ortopedista Danilo Lobo, acredita que a Viver! integra a saúde local porque “faz parte no sentido que ajuda na divulgação de assuntos importantes para a saúde da população Sul capixaba”. A informação é fundamental para a área, diz ele: “a revista ajuda a informar as pessoas que moram na nossa região sobre os avanços e recursos na área da saúde disponíveis no Sul do estado”.

A dermatologista Gina Garcia destaca o trabalho que imprime a Viver! levando informação à população. “O papel social da revista é muito importante, a divulgação de trabalhos médicos, as novas áreas dentro da medicina. Enfim, a divulgação do novo”.

Sobre sua manchete dos sonhos, a médica vai além e faz uma análise do que deseja para o futuro (o mais próximo possível): “uma cápsula restauradora dos códigos genéticos, que repare todos os defeitos produzidos pela alteração genética. Visto que com o aumento da nossa longevidade a gente vai ter sempre problemas de oxidação de proteínas, alteração do código genético, por exemplo a luz ultravioleta altera nosso programa genético levando ao câncer de pele. Essa cápsula evitaria doenças degenerativas, quaisquer que sejam”

Já a ginecologista Rachel Carneiro realça a parceria com os especialistas e a publicação de saúde. “A revista Viver! vem dando uma oportunidade única para os profissionais locais de se apresentar à população e demonstrar sua importância no panorama médico do município, dando entrevistas sobre assuntos do interesse das pessoas, trazendo novidades e divulgando trabalhos médicos e sociais valorosos para a sociedade cachoeirense”.

A médica crê no fortalecimento da saúde a partir das páginas da revista. “A Viver! transmite confiança e estabelece um novo vínculo entre médicos e pacientes, um vínculo maior que só a relação médico-paciente, um vínculo de amizade, desenvolvido através destas matérias de grande abrangência”. Para fechar, a ginecologista aponta a sua tão sonhada manchete na capa da Viver!: “Abertura da faculdade de medicina em Cachoeiro desenvolve a medicina de ponta na nossa região”.

Romulo Felippe

romulo@editoraviver.com.br

Fotos de Erika Medeiros



A revista Viver! é publicada mensalmente há mais de 17 anos com circulação no Espírito Santo. Trata-se de uma das mais importantes revistas de saúde do Brasil, com centenas de especialistas em prol do dilema "Informação que faz bem".


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *