Nutricionista dá dicas de lanches saudáveis para o recreio escolar

132

Devido a rotina agitada dos pais modernos, associada aos preços mais acessíveis e praticidade, os alimentos industrializados são quase sempre a escolha na hora de providenciar o lanche escolar dos filhos. Afinal, comprar lanches prontos para simplesmente abrir a embalagem é muito mais prático do que ter que preparar o alimento do zero, não é mesmo?

Vale alertar, porém, para os perigos escondidos por trás de embalagens coloridas e chamativas. A nutricionista Karla Vieira dos Santos, do HECI, ressalta que o consumo

frequente de produtos processados e/ou refinados interfere diretamente no bem-estar diário dos pequenos. Além disso, pode provocar doenças que dificultam o seu desenvolvimento físico e mental.

Conforme salienta a profissional, a alimentação inadequada na infância é responsável por aumentar o risco de problemas na saúde, incluindo doenças nos rins, doenças no coração, colesterol alto e obesidade, anemia, diabetes e hipertensão, muito comuns entre crianças de todas as faixas etárias. Além de influenciar na maior incidência de alergias nos pequenos.

Mas afinal, qual é a combinação ideal para o lanche escolar? Segundo a nutricionista, um lanche equilibrado deve conter uma fonte de carboidrato + uma fonte de proteína + uma fonte de vitaminas/fibras/minerais + uma bebida. “Com essas dicas, as crianças manterão uma alimentação saudável contribuindo para sua qualidade de vida”, expõe.

É importante ressaltar que o estilo de vida saudável começa em casa. Portanto, pais que se alimentam de forma adequada dão exemplo para seus filhos. Karla enfatiza, ainda, que em casos de crianças com alterações da glicose ou colesterol, deve-se sempre procurar uma orientação nutricional individualizada.

 

Substituições saudáveis

Proteínas – Prefira: Carnes magras (para recheios), leite, queijo branco, iogurte natural, pasta de grão de bico ou pasta de amendoim. Evite: Queijos amarelos, iogurtes industrializados e requeijão.

Carboidratos – Prefira: Pão integral, bolo integral, batata doce, bolinhas de tapioca, cookie integral e/ou de aveia, biscoito de polvilho integral. Evite: Bisnaguinhas, biscoitos recheados, salgados fritos, batatas de pacote e bolo pronto de pacotinho.

Vitaminas/fibras/minerais: Frutas variadas; dê preferência às da estação.

Vegetais/Legumes (cenoura baby, cenoura e beterraba raladas para recheio, alface, tomate).

Bebidas – Prefira: Água de coco, chocolate à base de cacau, suco de frutas natural e sem adoçar e sucos integrais. Evite: Refrigerantes, suco de caixinha e achocolatado.

 

Dicas de lanches

  1. Cookie de banana e cacau

Ingredientes: 2 bananas pratas maduras, 4 colheres de sopa rasas de farinha de aveia, 1 a 2 colheres de sopa rasas de cacau em pó. Modo de preparo: Amasse bem a banana em uma tigela. Misture a aveia e o cacau em pó até formar uma massa homogênea. Molde em formato de biscoito ou coloque em forminhas e asse em forno pré-aquecido por 20 minutos.

  1. Pasta de Frango

Ingredientes: 100g de peito de frango cozido e desfiado, ½ tomate pequeno picadinho, 1 colher de sopa de cenoura ralada, 1 colher de sopa rasa de queijo tipo cottage, Salsa picada e orégano a gosto. Modo de preparo: Misture todos os ingredientes. Use para recheio de sanduíches com pão integral.

  1. Saladinha de frutas

Ingredientes: 3 ou mais frutas da sua preferência. Modo de preparo: Higienizar e picar as frutas selecionadas. Regar com suco natural de laranja ou limão. Salpicar chia sobre a saladinha.

 

Foto: Erika Medeiros



Editora da revista Viver!, uma das mais importantes revistas de saúde do país. A publicação Sul capixaba circula mensalmente há mais de 17 anos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *