O alimento que vale ouro e os desafios da amamentação

69

Por Tayla Oliveira –

Assessoria de comunicação do Hospital Infantil Francisco de Assis

Não é por acaso que um mês inteiro é dedicado à importância do aleitamento materno. Diferente do que vemos nas telinhas, a maternidade, e em especial a amamentação, vai muito além dos contos de fadas. Esse momento possui mais desafios do que podemos imaginar.

Segundo relatório divulgado pela Organização Mundial da Saúde, somente 38,6% dos bebês brasileiros se alimentam exclusivamente com leite da mãe nos primeiros cinco meses de vida. A taxa é considerada abaixo do ideal, já que o indicado é que o leite materno seja a única fonte de alimento até os seis meses e mantido na dieta nos dois primeiros anos após o nascimento.

Quando o bebê recebe o leite, diminui os riscos de infecções respiratórias e de doenças crônicas, e, a longo prazo, de doenças como diabetes, hipertensão e obesidade. No entanto, muitas mães têm encontrado dificuldades para amamentar. As principais queixas são: demora para o leite descer, dores, a boca do bebê não encaixa direito ou não tem força para sugar o bico, entre outros.

Nesse momento, o apoio é fundamental. Na maternidade do HIFA, por exemplo, os profissionais são preparados para estimular a primeira mamada após o parto, assim como para orientar a mãe sobre técnicas, posições e práticas que tornem a experiência mais prazerosa para ela e seu filho.

Neste mês em especial, a instituição está preparando várias ações internas e também nas redes sociais para o incentivo do aleitamento materno. Palestras com orientações, decoração especial, sorteios, capacitação dos profissionais e outras atividades estão sendo pensadas com todo carinho para que a mãe e toda família se sinta acolhida no momento da chegada do seu bebê.

Mas, se mesmo após ter acesso a todas as atividades, orientações e técnicas, não conseguir amamentar, tudo bem. O importante é dar opções e caminhos para a mãe, além de suporte, para ajudá-la a encontrar o melhor jeito de alimentar o seu bebê.

Vamos juntos “Empoderar mães e pais, favorecer a Amamentação: hoje e para o futuro!”. Só assim, com o alimento que vale ouro, vamos ter mais saúde para a mamãe e o bebê.



Editora da revista Viver!, uma das mais importantes revistas de saúde do país. A publicação Sul capixaba circula mensalmente há mais de 17 anos.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *