Podóloga esclarece dúvidas sobre cuidados com a saúde dos pés

370

Área da saúde que estuda e cuida dos pés, a podologia vai muito além da estética. Trata-se de uma ciência dedicada a diagnosticar, prevenir, estudar, investigar e tratar as patologias dos pés. Muitos mitos ainda cercam os cuidados com esse membro tão importante do corpo humano. Confira abaixo seis tópicos esclarecidos pela podóloga Eliza Ribeiro.

  1. É necessário tratar os pés pelo menos a cada 20/30 dias:

Verdade. O ideal é que o paciente venha ao podólogo pelo menos uma vez por mês, ou quando sentir a necessidade. A ida mensal para profilaxia engloba o corte correto das unhas, retirada de calosidades, lixamento e hidratação no final. É um atendimento de prevenção.

  1. Posso lixar e cortar as minhas unhas em casa, que nada de “ruim vai acontecer”:

Mito. “As pessoas em geral não sabem cortar a unha da forma correta por falta de instruções adequadas, por isso a ida ao podólogo para que ele ensine a cortar da forma correta. 95% dos casos de unha encravada são por cortes errados, por cortar os cantos ou cortar a unha muito curta”.

 

  1. É necessário lixar a sola do pé pelo menos a cada semana:

Mito. “Quando você lixa os pés da forma errada, semanal ou diariamente, você está forçando a renovação celular. O ciclo de renovação ocorre a cada 28 dias. Quando se faz o lixamento fora do tempo, você agride o local e o corpo vai querer repor mais pele com mais rapidez, causando o espessamento e rachaduras, podendo vir a ter uma infecção. Os pés podem ser lixados de 30 a 40 dias ou quando houver necessidade. Principalmente pés diabéticos, que só podem ser feitos com o podólogo”.

 

  1. É dever do paciente exigir que seu material de podologia seja esterilizado:

Verdade. “É mais do que nossa obrigação como profissionais ter o nosso material todo esterilizado em autoclave e descartável. Então o paciente precisa mesmo exigir isso”.

 

  1. Como vou à clínica de podologia, não preciso hidratar meus pés:

Mito. “Aqui a gente vai hidratar com creme específico, porém, o paciente precisa fazer a manutenção diária. É a mesma coisa de quando você vai ao dentista. Lá ele faz a profilaxia, a limpeza, tira tártaro. Mas em casa você precisa escovar os dentes e passar fio dental. Os pés precisam ser hidratados diariamente com creme específico para essa região.

 

  1. Se a minha unha estiver inflamada/infeccionada/machucada, devo mexer:

Mito. “Não se deve mexer nunca. Porque além de você não ter conhecimento, vai lesionar mais o local, contaminando-o ainda mais. É fundamental procurar um podólogo (não pedicure), que é o profissional capacitado para o tratamento.

SER PODÓLOGA É…

“Algo gratificante. É qualidade de vida e bem estar. É poder ver seus clientes voltarem a sorrir após sofrerem muito tempo com uma unha encravada, um calo doendo ou uma rachadura. Amo ser podóloga, me encontrei nessa profissão. É amor, dedicação”.

A podóloga Eliza Ribeiro atende na rua 25 de março, 33, centro de Cachoeiro. A clínica está localizada na sala 606 do shopping Cachoeiro (sexto andar). Para agendar sua consulta, ligue para (28) 99884-8415 ou envie um e-mail para podologaelizaribeiro@gmail.com.

 

Foto por Erika Medeiros



Editora da revista Viver!, uma das mais importantes revistas de saúde do país. A publicação Sul capixaba circula mensalmente há mais de 17 anos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *