Reabilitação emocional envolve troca entre profissional e paciente

768
Foto: Erika Medeiros

Fazer terapia, em muitos casos, não abrange, necessariamente, a ida de uma pessoa a um consultório psicológico. Mas alcança todo um trabalho multiprofissional na reabilitação emocional.

“Os pacientes que atendo com Transtornos Ansiosos, Transtorno Obsessivo Compulsivo (T.O.C.) ou Depressão, geralmente vêm encaminhados pelo psiquiatra, o qual, com um olhar diferenciado, entende que o trabalho em conjunto entre a medicação e a terapia resulta em uma reabilitação emocional mais rápida e duradoura”, revela a psicóloga e terapeuta cognitivo-comportamental Margareth Misse Guidi.

Além disso, de acordo com a profissional, essa parceria favorece a troca de conhecimentos entre os profissionais e, desta forma, facilita o entendimento do diagnóstico e prognóstico deste paciente.

Conforme explica a psicóloga, essa forma de atuação multidisciplinar – que vem crescendo a cada dia -, permite que o paciente seja tratado como um todo. Assim, integram-se diversas áreas profissionais como a psicologia, medicina, fonoaudiologia, fisioterapia e outras profissões afins, com uma visão sobre o que é orgânico e o emocional, colaborando de forma mais efetiva para o tratamento.

“Na minha prática clínica atuo na Terapia Cognitivo-comportamental, a qual enfatiza a importância das funções cognitivas nas interpretações de cada indivíduo. Nosso trabalho é voltado para a forma como cada pessoa vê, pensa e sente uma situação que causa desconforto, dor, tristeza ou outras sensações que trazem prejuízos à sua vida”, expõe Margareth.

Ainda segundo a profissional, o Terapeuta Cognitivo tem, como uma de suas principais funções, educar o paciente sobre o seu transtorno, para que este compreenda como este transtorno afeta a sua vida e como pode modificá-lo, por meio da terapia e do autoconhecimento.

Margareth Misse Guidi

Terapeuta Cognitiva Comportamental

Psicóloga – CRP 16/0382

Praça Mauro Toledo Machado, 19, bairro Centro – Cachoeiro de Itapemirim/ES

Fones: (28) 98112-2690 / 99949-3934



A revista Viver! é publicada mensalmente há mais de 17 anos com circulação no Espírito Santo. Trata-se de uma das mais importantes revistas de saúde do Brasil, com centenas de especialistas em prol do dilema "Informação que faz bem".


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *