Varizes durante a gravidez causam peso e queimação nas pernas

154

Varizes, inchaços e vasinhos nas pernas são queixas comuns em grávidas no consultório de especialistas. Esses sinais de insuficiência circulatória ficam mais acentuados devido a retenção de líquidos, ganho de peso e alta dose de hormônios das gestantes – revela o angiologista e cirurgião vascular Geraldo Fabres, da clínica Kardios.

O problema ganha força a partir do segundo trimestre, que conforme explica o especialista, é quando o ganho de peso é acelerado. Além da estética, muitos incômodos podem ser gerados à gestante devido as varizes e inchaços nas pernas. Entre eles a sensação de peso e queimação nas pernas, além de dores, flebites e cãibras.

Alguns sinais e sintomas, neste contexto, levam à necessidade de procurar um especialista. “Fique atenta a dor contínua, cãibras frequentes, varizes calibrosas e com sinais de inflamação. São indicativos de procurar o angiologista o mais rapidamente possível”, alerta o médico.

Se não forem tratadas, as varizes na gestação podem evoluir para algum problema mais sério. De acordo com doutor Geraldo, o pior problema a ser considerado é a flebite (inflamação) das varizes, que além de muito dolorosa pode evoluir, conforme a localização, para uma trombose venosa profunda e embolia pulmonar.

Cuidados fundamentais

– Controle de ganho de peso na gravidez (quanto menos peso , menos excesso de líquido e menos pressão sobre as veias);

– Consulta com um angiologista no início da gestação para avaliação individual da necessidade de uso de venotônico e meia elástica;

– Exercícios físicos sob orientação ajudam muito, além de drenagem linfática manual.



A revista Viver! é publicada mensalmente há mais de 17 anos com circulação no Espírito Santo. Trata-se de uma das mais importantes revistas de saúde do Brasil, com centenas de especialistas em prol do dilema "Informação que faz bem".


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *