Conheça profissionais da saúde que aderiram à prática do ciclismo

114

Foto por Erika Medeiros

Atividade completa para o corpo e a mente, o ciclismo vem conquistando cada vez mais adeptos – inclusive médicos, dentistas, farmacêuticos e outros profissionais da saúde em nossa região. O esporte, além de auxiliar na perda e manutenção do peso, fortalece a musculatura, otimiza a saúde do coração, reduz o estresse, melhora a respiração, entre outros benefícios. Uma pesquisa realizada pela Associação Brasileira do Setor de Bicicletas (Aliança Bike) constatou que no mês de agosto deste ano as vendas de bike aumentaram 118% no Brasil em comparação ao mesmo período do ano passado.

Segundo a farmacêutica e empresária do ramo de bibicletas Aline Sartori, nesse período de pandemia as pessoas estão sentindo a necessidade de melhorar a qualidade de vida e, no momento, a melhor opção e mais segura quanto ao distanciamento social é o ciclismo. “Várias pessoas nos procuraram para adquirir suas bikes, e o interessante é que se apaixonam imensamente”, revela.

O que era para ser apenas um negócio, acabou se tornando também um hobby para Aline e seu esposo Robson, idealizador da Zero Km bikes. “A bicicleta sempre fez parte da vida do meu marido, pois ele passou a infância dentro da oficina de bikes do seu pai, o senhor Anozor Gratival. Após a inauguração da loja no ano passado, comecei a me interessar pela atividade em prol da minha saúde e entrei fundo – parece um vício!”, conta a farmacêutica.

Hoje, Aline pedala sempre que a agenda profissional dá uma brecha, especialmente nos finais de semana. “Tenho amigos que já estão no meio há muito mais tempo e me fazem companhia, como o Carlinhos e a Betânia, da Master Bike”, relata. Sobre a sensação que tem quando está sobre as duas rodas, ela descreve: “É uma descarga de emoções, liberdade, força e superação; cada pedal que a gente faz, renova as energias e joga todo o estresse pra bem longe”.

A empresária da Zero Km bikes – que conta com as melhores marcas de bike como Scott, Groov, TSW e Audax – relembra que já fez vários trajetos inesquecíveis em montanhas e praias. “Um dos últimos foi encantador, tanto pela dificuldade como pela beleza do lugar: subimos o Pirote e chegamos à Pedra do Índio, um lugar encantador e bem alto. Foi extremamente gratificante quando fomos recepcionados com a perfeição de vista que Deus nos presenteou”, recorda.

Conectado com a

NATUREZA

“Gosto de dizer que pedalar faz bem pra alma”, declara ortopedista apaixonado pela prática de mountain bike há 10 anos

Desde criança, o ortopedista Juliano Paradela já gostava de andar de bicicleta. Mas a coisa ficou séria mesmo há cerca de 10 anos, quando começou a praticar mountain bike. Semanalmente, o médico tira um dia para pedalar com alguns amigos de Vargem Alta. Sobre a atividade, ele comenta: “Tenho a incrível sensação de estar conectado com a natureza, cuidando da saúde física e mental. Alivia o estresse e me faz muito bem. Gosto de dizer que pedalar faz bem pra alma”.

Doutor Juliano explica que gosta de pedalar no interior, nas estradas de chão do interior de Vargem Alta, mas já teve a experiência de pedalar pelo litoral sul todo, até Guarapari. As dicas do ortopedista para quem deseja ingressar na modalidade são as seguintes: Vale a pena fazer uma avaliação cardiológica antes de começar a praticar o esporte; procurar uma loja especializada para comprar uma boa bicicleta; fazer um bike fit e saber o tamanho exato da bike para você; procurar se hidratar e se alimentar durante o esporte – e curtir bastante!

 

Sensação de

LIBERDADE

Membro do grupo mais antigo de bike do estado, urologista vê no ciclismo uma fonte de companheirismo e desafio às suas próprias limitações

Para o urologista José Pedro Kaddoum, que também pedala desde a infância, o esporte se tornou parte de sua rotina semanal há cerca de 12 anos. Membro do Ecobikers, grupo mais antigo de ciclistas do Espírito Santo, doutor Kaddoum tira um tempo para pedalar por volta de duas a três vezes por semana, entre 40 a 50 quilômetros por pedal. A interação e amizade com os companheiros do grupo são aspectos que o cativam no ciclismo.

Conforme relata o médico, nada se iguala à sensação de liberdade e, algumas vezes, de desafio às suas próprias limitações, provocada pelas pedaladas. Entre os trajetos já percorridos pelo urologista, destacam-se a Patagônia (Chile), Cusco e Macchu Picchu (Peru), Serras de Santa Catarina e Rio Grande do Sul. “Isso além de pedalarmos por todo o nosso lindíssimo Espírito Santo”, declara doutor Kaddoum, que junto ao grupo já chegou a pedalar 300 a 400 quilômetros em uma semana.

 

APAIXONADO PELO TRIATLO

A prática esportiva sempre esteve presente na rotina do cirurgião dentista Marcus Vinicius Barbosa. Mas foi numa viagem a São Lourenço, sul de Minas Gerais, que o triatlo entrou em sua vida. “Fui participar de uma corrida rústica noturna, mas durante o dia teve uma prova de triathlon. Naquele dia fiquei impressionado com participantes idosos, jovens, alguns com sobrepeso, superarem o desafio. Cinco meses depois, me inscrevi em um duathon em Pedra Azul em 2010, e dali não parei mais”, relembra.

Falando sobre experiências sobre as duas rodas de uma bike, o odontólogo conta que uma das mais marcantes foi quando participou de um triathlon X-Terra em Fernando de Noronha, em 2015. “Sem dúvidas foi um dos percursos mais bonitos que já passei; embora tenha nadado entre tartarugas, arraias e várias espécies marinhas antes da bike, o percurso da bike passou por toda a ilha. Experiência inesquecível”, recorda.

Também dentista, sua esposa Cláudia Barbosa é companheira assídua na prática esportiva. “Ano passado corremos a meia maratona da Caixa e as 10 milhas Garoto juntos”, revela. “O esporte sem dúvida nos aproxima; saímos para treinar juntos e adotamos uma alimentação balanceada e nos policiamos também juntos. E essa educação é que queremos passar aos nossos filhos”, conclui.

 

 

 

A Zero Km Bike Shop está localizada na Avenida José Rosa Machado, 297 – Alto Novo Parque. Contato: 28 99964-4623/ Instagram: @zerokm.bike



Editora da revista Viver!, uma das mais importantes revistas de saúde do país. A publicação Sul capixaba circula mensalmente há mais de 17 anos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *