Mamãe, cuide do seu sorriso!

4

O cirurgião-dentista Eduardo Machado – foto por Érika Medeiros

Com a chegada do mês das mães, surge a oportunidade de explorar um tema essencial para a saúde tanto da mãe quanto do bebê: os cuidados bucais durante a gravidez. Há muitas informações conflitantes sobre o assunto, algumas verdadeiras e outras que são simplesmente mitos. Para esclarecer essas questões, conversamos com cirurgião-dentista Eduardo Nora Machado que tirou algumas dúvidas importantes das futuras mamães:

1) Tratamentos odontológicos devem ser evitados durante a gravidez.

Mito: “Na verdade, é importante manter a saúde bucal em dia durante a gravidez, já que problemas dentários podem afetar tanto a mãe quanto o bebê”, enfatiza doutor Eduardo Nora Machado. A gestação não é uma contraindicação para tratamentos odontológicos preventivos ou curativos, como limpezas, restaurações e até mesmo tratamentos de canal.

2) Radiografias dentárias são prejudiciais ao feto.

Mito: “A exposição a radiações ionizantes deve ser minimizada durante a gravidez, mas as radiografias dentárias são consideradas seguras quando realizadas com proteção adequada”, explica o cirurgião-dentista. Ele salienta que os raios X odontológicos emitem uma quantidade muito baixa de radiação e são direcionados apenas para a região bucal, o que não representa riscos significativos para o feto.

3) Náuseas e vômitos frequentes durante a gravidez afetam os dentes.

Verdade. “O ácido gástrico presente no vômito pode causar erosão no esmalte dos dentes, aumentando o risco de cáries e sensibilidade dentária”, adverte o profissional. A recomendação é enxaguar a boca com água ou solução de bicarbonato de sódio após os episódios de vômito para neutralizar o ácido e proteger os dentes.

4) O bebê “rouba” o cálcio dos dentes da mãe durante a gravidez.

Mito: O cirurgião-dentista explica o bebê em desenvolvimento não “rouba” cálcio dos dentes da mãe. No entanto, como em todas as fases da vida, é importante garantir uma dieta equilibrada rica em cálcio durante a gestação para promover a saúde óssea tanto da mãe quanto do bebê.

5) As mudanças hormonais durante a gravidez podem afetar a saúde bucal.

Verdade: “As alterações hormonais podem aumentar o risco de gengivite e periodontite durante a gravidez”, confirma o cirurgião-dentista. Por isso, é essencial manter uma rotina rigorosa de higiene bucal, incluindo escovação frequente, uso de fio dental e visitas regulares ao dentista para exames e limpezas.

Ir ao dentista durante a gravidez não é apenas seguro, mas também essencial para a saúde bucal da mãe e do bebê. Então, você gestante, busque cuidado odontológico adequado, com profissionais qualificados e conscientes das necessidades específicas desse período tão especial da vida.

 



Editora da Revista Viver! - Jornalista há mais de 15 anos, atua também na área de Marketing Digital como social media.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *