Hábitos saudáveis fundamentais para evitar a obesidade

328

A cada cinco brasileiros, um está obeso. Se até pouco tempo atrás a luta era contra a fome e desnutrição, agora é necessário conter a obesidade no país. Dados do Ministério da Saúde indicam que nos últimos 10 anos a prevalência da obesidade no Brasil aumentou em 60%, passando de 11,8% em 2006 para 18,9% em 2016. O excesso de peso também subiu de 42,6% para 53,8% no mesmo período.

Tendo em vista o Dia Nacional de Prevenção da Obesidade, comemorado em 11 de outubro, reforçar a importância de mudanças no estilo de vida da população a fim de evitar as consequências da obesidade é fundamental. Segundo a endocrinologista Iara do Vale Machado, o aumento do sedentarismo e a ingesta de alimentos com mais açúcar e gordura e produtos industrializados são fatores importantes no aumento da obesidade.

Além disso, a especialista explica que as pessoas, em geral, estão consumindo menos produtos naturais e saudáveis como frutas e verduras. A ansiedade e o estresse também têm contribuído para o problema, tendo em vista que esses componentes frequentes no dia a dia podem levar à compulsão alimentar e, consequentemente, à obesidade.

Doutora Iara salienta que a obesidade é o principal fator de risco para o aparecimento do diabetes. “80% dos 11,9 milhões de adultos diabéticos do Brasil estão com sobrepeso”, revela a médica. “Sabemos que a obesidade agrava o diabetes e contribui para a hipertensão arterial sistêmica e doenças cardiovasculares (infarto e AVC). Portanto, a união entre o diabetes e a obesidade é muito danosa à vida do portador delas”, alerta.
A fim de mudar o quadro preocupante de obesidade no país, a endocrinologista defende a importância da educação quanto as escolhas alimentares desde a infância. “É preciso haver informação quanto aos riscos da obesidade; a detecção do sobrepeso e obesidade é de suma importância”, expõe. Para a especialista, a avaliação antropométrica em escolas e empresas é essencial para a detecção do sobrepeso e obesidade.

Após essa detecção inicial, procurar ajuda do endocrinologista e nutricionista é primordial para se realizar uma mudança no estilo de vida do indivíduo que está acima do peso. Vale ressaltar que isso deve acontecer o quanto antes. Sobre a prevenção e combate da obesidade, doutora Iara ressalta a necessidade do incentivo à atividade física.

Foto: Jonathan Lessa



A revista Viver! é publicada mensalmente há mais de 17 anos com circulação no Espírito Santo. Trata-se de uma das mais importantes revistas de saúde do Brasil, com centenas de especialistas em prol do dilema "Informação que faz bem".


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *