Pacientes devem dar preferência as clínicas ortopédicas de urgência

82

O momento atual requer redobrar os cuidados para amenizar, na medida do possível, os efeitos da pandemia de Coronavírus. “Essa preocupação é real e deve ser levada muito a sério”, relata o ortopedista Danilo Lobo, especialista em cirurgia do joelho na clínica Ortotrauma, em Cachoeiro.

No caso de dores ortopédicas e traumatismos, o especialista explica que os pacientes devem dar preferência às clínicas ortopédicas com urgência e emergência. Assim, evita-se aglomerações de pacientes traumato-ortopédicos nas emergências dos hospitais, que precisam concentrar seus esforços ao diagnóstico e tratamento da Covid-19.

Alinhada ao combate à pandemia, a clínica Ortotrauma está cumprindo seu papel no atendimento médico necessário, atenta às normas e regulamentações da Secretaria de Saúde. Segundo doutor Danilo, todos os pacientes ao chegarem na clínica recebem orientação quanto a higiene das mãos e uso de máscaras, higiene respiratória e etiqueta da tosse, tanto na sala de espera como nas áreas de atendimento.

“Toda a equipe de atendimento é orientada a higienizar as mãos antes e depois de todo contato com o paciente, contato com material potencialmente infeccioso e antes de colocar e remover os equipamentos de proteção individual, incluindo máscaras e luvas”, revela o ortopedista. “Ao agendar exames e consultas para cuidados médicos de rotina (preventivos, eletivos), os pacientes são orientados ao reagendamento caso apresentem sintomas como tosse, dor de garganta e febre”, informa.

 

Foto por Jonathan Lessa



Editora da revista Viver!, uma das mais importantes revistas de saúde do país. A publicação Sul capixaba circula mensalmente há mais de 17 anos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *