Conheça o projeto “Tchau Câncer” do Hospital Evangélico de Cachoeiro

243

Em 2017, o Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim (HECI) inaugurou o projeto Tchau Câncer, com a instalação de um sino que seria badalado pelos pacientes que estivessem finalizando as sessões de quimioterapia. Dois anos se passaram e mais de 180 pessoas já tiveram a oportunidade de fazer badalar o sino, que fica no setor de Oncologia e quando e toda vez que o som é ouvido, a felicidade é geral tanto para os pacientes quanto para a equipe. FOTO: Pacientes Jovelina e Fabrício com a oncologista Sabina Aleixo.

Tchau Câncer 2​

“Me deu vontade de quebrar aquele sino. De alegria, claro”, lembra Fabrício Bedim, agora ex paciente que tratou de um câncer no mediastino (região torácica). Segundo ele, foram duas badaladas. A primeira, em 25 de novembro de 2017 acabou sendo frustrada por duas sessões de quimioterapia que ele precisou fazer após. Porém, em 12 de março deste ano, ele badalou o sino novamente, e desta vez para valer. “Quando a gente toca o sino, cada badalada serve para tirar um peso enorme das nossas costas, os sentimentos que nos afligem, o medo, a insegurança e um sentimento de alívio invade a gente”, conta.​ Fabrício ​diz que está em período de acompanhamento, o que deve durar pelos próximos cinco anos, mas de acordo com os exames, o câncer foi embora mesmo.

SAVI

O Hospital Evangélico de Cachoeiro de Itapemirim (HECI) promoveu, em abril, um treinamento para profissionais de saúde, em especial aos que coordenam ou participam do processo de ressuscitação do paciente. Foram dois momentos: teórico, com abordagem de temas relevantes ao suporte à vida, e prático. O Treinamento de Suporte Avançado à Vida (SAVI) é oferecido anualmente com o objetivo de melhorar a qualidade dos cuidados prestados dentro e fora da instituição, proporcionando mais chances de sobrevida.

Residência Médica

O Hospital Evangélico deu a largada para uma nova parceria para o desenvolvimento do Programa de Residência de Medicina de Família e Comunidade, que será realizada em conjunto com a prefeitura de Atílio Vivácqua. Agora o programa dos médicos da atenção primária será realizado junto ao município com o apoio da secretária de saúde Márcia Passabom Cristo. A recepção aos médicos, no inicio deste mês, contou também com a presença de diversas autoridades do município, entre elas o prefeito Municipal Josemar Machado Fernandes​ e da oncologista Sabina Aleixo.



Editora da revista Viver!, uma das mais importantes revistas de saúde do país. A publicação Sul capixaba circula mensalmente há mais de 17 anos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *