Conheça os benefícios da prática do Pilates na terceira idade

11

Foto por Erika Medeiros

No dia 27 de setembro é comemorado no Brasil o Dia Nacional do Idoso. Vale ressaltar que a população idosa de nosso país tende a manter seu crescimento. Segundo a projeção da população divulgada pelo IBGE, o índice de envelhecimento deve aumentar de 43, 19%, em 2018, para 173,47% em 2060. Nesse contexto, o envelhecimento populacional reforça a necessidade de proporcionar uma melhora na qualidade de vida.

Conforme salienta a fisioterapeuta Lethicia Dias Soares, o Pilates presta assistência tanto física como mental, e os benefícios são notáveis. “O método oferece melhora na força muscular, flexibilidade articular, melhora respiratória, ajuda na recuperação da funcionalidade, consciência corporal para que o idoso tenha mais equilíbrio, coordenação motora e autonomia na hora de realizar suas atividades diárias”, expõe.

A profissional acrescenta ainda, que a prática do Pilates na terceira idade ajuda a prevenir quedas, o que é de suma importância para aqueles que possuem fragilidade óssea. “Dessa forma, observa-se que envelhecer com qualidade é possível, e além do físico deve-se levar também em consideração os aspectos psicossociais do paciente, já que o mais importante é lembrar que cada um terá suas individualidades, como limitações e objetivos na hora dos exercícios”, explica.

A profissional

Graduada pela Universidade Católica de Petrópolis (UCP) desde 2003, doutora Lethicia possui formação em Pilates e RPG. A profissional atende a domicílio e no espaço da Clínica de Reabilitação Física- Reab Sul, pioneira no atendimento fisioterápico em Cachoeiro de Itapemirim desde 1998. Localizada na Avenida Pinheiro Júnior, a clínica possui estrutura climatizada e atendimento personalizado para Pilates e RPG. Atualmente, encontra-se sob a coordenação administrativa da doutora Elizandra Rodrigues, Terapeuta Ocupacional e esposa do saudoso doutor Alex da Silva Rodrigues.



Editora da revista Viver!, uma das mais importantes revistas de saúde do país. A publicação Sul capixaba circula mensalmente há mais de 17 anos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *