Exercícios para a musculatura do assoalho pélvico na gestação

71
A fisioterapeuta Isabela Bernardes – foto por Erika Medeiros

A gestação é um período de grandes mudanças corporais e psicológicas na vida da mulher. Apesar de natural, este estado exige alguns novos cuidados para com a saúde, dentre eles, os exercícios para a musculatura do assoalho pélvico (MAP) são indispensáveis.

Segundo a fisioterapeuta pélvica Isabela Bernardes, da Vitallefisio, a MAP é responsável pela sustentação do peso dos órgãos pélvicos, mantendo-os em suas posições normais dentro da cavidade pélvica e sendo exigidos constantemente durante toda a vida a mulher para estabilizar qualquer tipo de esforço, por menor que seja. Por mais que existam ligamentos que ajudam a sustentar esses órgãos, a MAP ainda atua como principal fator de sustentação devido às grandes tensões ligamentares que fazem com que sofram micro lesões, podendo até rompê-los.

“Durante a gestação, como se pode imaginar, a sobrecarga na MAP é radicalmente aumentada. Afinal, além de sustentar o peso constante dos órgãos pélvicos agora ela precisa sustentar todo o peso do bebê e dos anexos embrionários durante todo o dia, especialmente quando a mulher está em pé ou sentada”, explica a profissional.

Ainda de acordo com Isabela, os MAP’s fortes na gestação oferecem um apoio maior ao útero, o que reduz a pressão sobre a bexiga e diminui as dores lombares; evitam a sobrecarga nas fáscias e ligamentos, reduzindo o risco de prolapso genital e garantem uma recuperação mais rápida e tranquila após o parto.

Conforme salienta a fisioterapeuta, gestantes que optam pela cesariana também precisam preparar o assoalho pélvico. “Um dos hormônios produzidos na gravidez é a relaxina. Responsável pela frouxidão dos ligamentos e do assoalho pélvico para a passagem do bebê. No puerpério (período após o parto) pode representar risco para o assoalho pélvico, pois ainda está ativa nos primeiros três meses após o parto”, diz.

Tanto para o parto normal quanto para a cesariana, a MAP deve ser preparada com exercícios, treinos de força, coordenação motora e a massagem perineal, realizados por uma fisioterapeuta pélvica.



Editora da revista Viver!, uma das mais importantes revistas de saúde do país. A publicação Sul capixaba circula mensalmente há mais de 17 anos.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *